Inglesa com síndrome rara desabafa após acordar com sotaque de outro país

0
18

Uma mulher inglesa acordou com sotaque galês em uma noite no mês de junho de 2023. Desde lá, ela não perdeu a nova linguagem, apesar de nunca ter visitado o País de Gales. Por meio das redes sociais, ela implorou por ajuda para retomar a voz original. Médicos neurologistas foram solicitados por Zoe Coles, de 36 anos de idade, conforme relatado em jornais como o britânico Daily Mail.

Mãe de dois filhos, a inglesa mora na cidade de Stamford, na Inglaterra. Conforme relato no perfil oficial do TikTok, ela é frequentemente questionada se reside em outro local. A ex-bartender sente que “não se encaixa mais” onde mora devido a sua nova voz.

Coles entende que tem a síndrome do sotaque estrangeiro (FAS, da sigla em inglês), considerada rara. Aproximadamente 150 casos foram documentados mundialmente desde a primeira menção em 1907. De modo geral, essa questão envolve o resultado de uma lesão na cabeça ou no cérebro.

“Estou lutando muito, você nasce com uma voz, você cresce e desenvolve uma maneira de falar. Isso foi tirado de mim. Mesmo que isso tenha me dado um impulso de confiança, eu adoraria que tudo desaparecesse e a vida voltasse ao normal”, pontuou.

A FAS também tem como origem uma trauma cerebral, sangramento cerebral ou tumor cerebral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here